Arte e Cultura em Movimento - Pintor Banbiski completou 90 anos


Evacira Coraspe


Os 90 anos do polonês, radicado no Brasil, Maciej Babinski foi comemorado com vídeos, publicações e depoimentos da família e amigos, neste ano de 2021. Entre os que reverenciam a grandeza da obra do artista está o uberabense artista plástico Helio Siqueira, que conviveu com Babinsk quando ele morou em Araguari (MG), foi professor em Uberlândia, circulava por Uberaba e outras cidades do Triângulo Mineiro. Isso aconteceu entre as décadas de 1970 a 1980, quando Siqueira também era professor na Universidade de Uberlândia. A relação do pintor com a comunidade artística uberabense sempre foi marcante, mesmo após esse período. 

Um trabalho interessante sobre o artista plástico modernista, ilustrador, desenhista, professor foi produzido pelo setor de jornalismo da Universidade de Fortaleza (Unifor), onde Babinski mora com sua mulher Lídia. Muitos o define como amante das artes e educação e um artista vibrante, pela explosão de cores que manifesta em seus trabalhos. 

Para a mulher dele, após 30 de casados, Babinski vive no aprendizado humano e na arte. “Ele tem muito de suspiro e de força”. 

Babinski por sua vez, nascido em Varsóvia, Polônia, chegou ao Brasil com 22 anos de idade, nos anos 50. Ele morou em várias regiões e compara o Ceará ao paraíso, onde, para o pintor, a arte está inserida em toda parte, desde a natureza ao comportamento das pessoas, sendo um local em que pode reviver os valores da sua infância. O pintor diz que tudo é “uma construção mental, não tem acaso, nem surpresas”. Com seus 90 anos de idade ele diz estar tranquilo, sem ansiedade, nem receio de estar deixando coisas pra trás.



Evacira Coraspe

Jornalista. Administradora. Professora de bordado terapêutico. Assessora de Comunicação na Câmara Municipal e Apresentadora do Programa Movimento na TV Câmara. Autora do livro Flor de Chita.


Siga a Revista Mulheres no Instagram e no Facebook