Um grande desafio


Marcos Moreno


Entrevista com Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin


"Nós estamos trabalhando arduamente para que os castramóveis e todos os outros projetos em andamento possam entrar em ação o mais rápido possível ..."

Chefe da Seção de Controle de Animais de Pequeno Porte- Departamento de Controle de Zoonoses e Endemias, Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin é Médica Veterinária, formada pela Universidade de Uberaba (UNIUBE). Ela assumiu o cargo em 2019. Jovem, sabe que tem grandes desafios pela frente, primeiro porque é uma questão de saúde pública e também porque a causa animal tem sido acompanhada de perto cada vez mais e ganhado vozes importantes na luta por direitos. A comunidade de Uberaba tem conhecimento que aqui existem castramóveis que podem fazer um trabalho muito bom junto à população de animais de rua e faz parte do objetivo da veterinária colocá-los em funcionamento o mais rápido possível. Também foi entregue ao CCZ um Mercado Pet e um ambulatório. O cidadão precisa ser esclarecido constantemente sobre o funcionamento dessas unidades, como também precisa conhecer os projetos de ampliação do trabalho no CCZ. Fomos ouvir a médica veterinária Luma para fornecer ao seguidor do Moreno Pet Blog e aos leitores da Revista Mulheres, as informações do trabalho que está sendo realizado, procurando esclarecer alguns pontos de dúvidas da população.


Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin


Marcos Moreno - Desde quando você está à frente do canil do CCZ de Uberaba? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin - Iniciei meu trabalho na Seção de Controle de Animais de Pequeno Porte no dia 04 de julho de 2019 e desde então sigo trabalhando no cargo.


Marcos Moreno - Para esclarecer: qual é a função do CCZ nesse setor? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin - A Seção de Controle de Animais de Pequeno Porte no Departamento é responsável por realizar o controle de doenças de caráter zoonóticos, aquelas doenças onde os principais transmissores são os cães e gatos ao homem, no qual a zoonoses faz o combate delas, entre elas: raiva e leishmaniose. Nós realizamos a observação de animais com suspeita de raiva; testes rápidos de leishmaniose; eutanásias com presença de laudo veterinário; microchipagem animal; vacinação antirrábica e recebimento de carcaças.


Marcos Moreno - Como você chegou a esse cargo no CCZ? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin - Bom, eu me formei no ano de 2016 na Universidade de Uberaba, onde assim que me formei iniciei os estudos para concursos públicos, e no ano de 2019 surgiu a oportunidade de trabalhar no cargo, como ainda não havia trabalhado na área desde então decidi viver a experiência e aprendizado.


Marcos Moreno - Qual a diferença entre um canil municipal e um Centro de Zoonoses? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin - Canil municipal seria uma área voltada para o recolhimento de animais errantes do município, ou seja, animais em situação de abandono e que necessitam de algum cuidado, portanto a função do canil municipal seria o recolhimento destes. Já o Canil do Centro de Zoonoses é um canil voltado para o combate de zoonoses, ou seja, para atender aqueles animais suspeitos de doenças zoonóticas (raiva, leishmaniose).


Marcos Moreno - Sabemos que é urgente um programa efetivo de castração para controle da população de animais, especialmente cães, na cidade de Uberaba. Existe uma programação por parte do CCZ? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin - No ano de 2020 foi adquirido pela Prefeitura Municipal de Uberaba três castramóveis para realizar o controle populacional, e atualmente estamos dando andamento na compra de insumos para posteriormente obter a aprovação do Conselho de Medicina Veterinária, para que então em breve essas Unidades Móveis possam estar funcionando e atendendo toda a população.


Marcos Moreno - No caso de castração de cães de rua, como é feito o processo? E quem cuida do pós operatório? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin- Quando as Unidades Móveis estiverem em funcionamento iremos beneficiar principalmente os animais errantes, no qual o pós operatório desses animais será feito no próprio CCZ sob os cuidados de médicos veterinários, por 10 dias, e após a retirada dos pontos os animais serão soltos ao local de origem.


Marcos Moreno - No ano passado foram inaugurados um Mercado Pet e um Ambulatório. Estão funcionando de acordo com a proposta para o qual foram criados? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin - O Mercado Pet está em funcionamento desde sua inauguração, onde atualmente ele está funcionando dentro do Departamento de Zoonoses e Endemias, das 7 às 17h, nesse local é possível fazer a doação de medicamento e itens que seu pet não utiliza mais e também adquirir algo que seu animal necessita. O Ambulatório ainda não está em funcionamento, a obra foi iniciada em junho de 2020 e paralisou em setembro devido à alta dos preços dos materiais, e desde então está em negociação para verificar possibilidade de retomada da obra.


Marcos Moreno - Existe um projeto ou uma programação definida de ampliações de ações e instalações a serem realizados por essa gestão? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin -Temos o projeto de controle populacional de cães e gatos, que é nosso principal projeto até o momento, que prevê a esterilização dos animais errantes, domiciliados e semi-domiciliados, evitando assim a prenhez indesejada e a transmissão de doenças (entre elas zoonoses).


Marcos Moreno - O seu cargo te dá autonomia para reivindicar o que considera necessidade urgente para o CCZ? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin - Parcialmente sim, pois através de documentos conseguimos encaminhar aos superiores todas as necessidades e problemas recorrentes no Departamento, e através de justificativas e reuniões alinhamos possibilidades de atender as demandas conforme a urgência.


Marcos Moreno - Há prática de eutanásia no CCZ? Em que casos? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin - Sim, nós realizamos as eutanásias no Departamento de forma gratuita, porém apenas com presença de laudo veterinário, que justifique a necessidade do procedimento.


Marcos Moreno - O CCZ faz o descarte de carcaças de animais eutanasiados? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin - E dos que são encontrados mortos em vias públicas? Sim, nós fazemos o descarte porém não recolhemos nas ruas, nós apenas recebemos no Departamento e semanalmente uma empresa terceirizada recolhe para destinação adequada.


Marcos Moreno - Existem entidades parceiras do CCZ para o desenvolvimento de algumas ações? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin - Sim, temos parceria com Hospital Veterinário de Uberaba que nos auxilia durante a campanha antirrábica com a microchipagem animal; e que também irá nos auxiliar quando estivermos com os castramóveis em funcionamento, e em outras ações.


Marcos Moreno – Há número suficiente de funcionários para atender a todas as demandas?

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin - Por enquanto sim, temos funcionários o suficiente, porém vamos precisar contratar novos médicos veterinários e auxiliares quando iniciarmos o funcionamento das Unidades Móveis e Ambulatório Pet.


Marcos Moreno - Como médica veterinária, o que você espera que seja o CCZ de Uberaba? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin - Espero que possamos concluir todos os projetos que estão em andamento, principalmente das Unidades Móveis e Ambulatório, visto que são de extrema importância para o Controle Populacional, que visa um conjunto de estratégias para prevenir o descontrole de natalidade e o abandono animal.


Marcos Moreno - Você pode deixar uma mensagem para os seguidores do blog? 

Luma Tamm Luiz da Costa Pupulin - Peço que as pessoas venham conhecer o trabalho do Departamento, qualquer dúvida entrar em contato, pois estamos sempre dispostos a esclarecer todos os questionamentos. Nós estamos trabalhando arduamente para que os castramóveis e todos os outros projetos em andamento possam entrar em ação o mais rápido possível, pois queremos assim como a população ver os animais e os tutores se beneficiando deste trabalho.  

 


(Parceiro publicitário: Moreno Pet Blog)


Marcos Moreno

Comunicador, colunista, criador da Coluna Amigo Animal e do Moreno Pet Blog. 

Siga o Marcos no InstagramFacebook e/ ou lhe envie um e-mail (kiktiomoreno@terra.com.br).


Siga a Revista Mulheres no Instagram e no Facebook.