Alimentação para fertilidade e gestação


Nayara Pegorari


A Alimentação tem um papel muito importante para a fertilidade de ambos os sexos e também para o desenvolvimento do bebê. Mudanças no estilo de vida devem acontecer por, pelo menos, 3 meses antes de engravidar, pois este é o tempo necessário para que haja uma melhora na qualidade reprodutiva. 

Se alimentar de forma saudável, praticar exercícios, beber bastante água, ter momentos de autocuidado e se preocupar com a saúde mental, fazem parte do preparo e da gestação saudáveis. 



A dieta mais interessante é rica em vegetais (verduras, frutas e legumes), peixes, frango, abacate, leguminosas, azeite de oliva, castanhas, ovos e iogurte. Moderado consumo de arroz, massas, pães integrais e carne vermelha, além de evitar alimentos muito industrializados e alergênicos. Este tipo de dieta acaba fornecendo muitos nutrientes importantes para a saúde reprodutiva. 

Pensando que a formação do paladar do bebê se inicia ainda na barriga da mamãe, e que o que acontece no período gestacional pode refletir na vida adulta da criança, ter uma alimentação variada e rica, além de nutrir e favorecer para uma gestação saudável, também irá aumentar as chances de ter uma criança ativa, desenvolvida e que experimente diversos alimentos com mais facilidade e os aprecie. 

Cuide de sua alimentação e consequentemente de seu peso, a obesidade é uma das causas de infertilidade e pode acarretar complicações durante a gestação. Também evite o consumo de substâncias que agridem o organismo como bebidas alcoólicas, uso de cigarro, drogas e agrotóxicos, sempre que possível consuma alimentos orgânicos. 

Cuide do seu corpo e dê o melhor combustível para que ele funcione de forma adequada e gere vidas saudáveis.



Nayara Pegorari 

Nutricionista com foco em fertilidade, gestação, pós-parto e saúde da mulher. CRN 14389.


Siga a Revista Mulheres no Instagram e no Facebook